domingo, 31 de outubro de 2010

Preciso de uma nova cara!



Sei que a maioria de vocês me conhece só pela foto do perfil. Repare só neste rosto angelical, sorriso médio quase sensual, o olhar cativador, levemente baixo; a boca praticamente virgem, naturalmente posta. Todo o conjunto da obra proporciona uma expressão quase esnobe de uma vontade de olhar camuflada, mas sem demonstrar pretensão descarada.

E é com todo pesar que lhes digo: minha cara não é assim, pelo menos não o tempo todo. Aqueles que me conhecem pessoalmente, depois de alguma intimidade conquistada, me dizem temerosos que tinham medo de mim antes de me conhecer, e quando os questiono a respeito do motivo pelo qual tinham medo de minha pessoa a resposta é sempre a mesma: você tinha uma cara fechada, amarrada e séria demais...

Sou terrivelmente intrigada com isso, afinal, o que seria uma cara fechada? No meu ponto de vista míope, seria andar o tempo todo com um saco, uma mascara de ferro, ou qualquer coisa que cobrisse por completo meu rosto. Pessoas que agem assim estão num hospício a essa altura, e eu estou aqui, soltinha que nem vestido rodado em cabo de vassoura (será que eu sou maluca e ninguém me falou?).

E uma cara amarrada então? Mas que raios de expressão ridícula é essa! Será que minha cara é tão feia que parece que está virada num nó?(conclusão frustrante) E o que é que tem ser séria? Não sou de arreganhar meus dentes pra todo mundo não, não considero isso um crime e nem uma postura antissocial. Imagine comigo, uma pessoa que nunca te viu na vida, cumprimenta-lo com um sorriso escandalosamente posto na cara, falando contigo como se já fosse teu amigo a vida toda, é no mínimo estranho e no máximo ridículo.

Não sou chatinha, nem retraída, nem nada semelhante a isso; sou apenas recatada, e tenho expressões faciais pra todo tipo de situação, mas só as exponho quando a circunstancia exige, uso a coerência e o bom senso pra discernir o momento ideal, do contrário, passo a maior parte do tempo me escondendo embaixo da minha cara de nada, que é como um descanso de tela, evitando que rugas precoces surjam e que o cansaço facial abata ainda mais minha feição...

É, prefiro mesmo ficar na minha, no meu canto, quando sou apresentada a alguém esboço um sorriso leve, digo um olá e pronto. Partindo desse ponto e dessa maneira, o caminho fica aberto pra eu me aproximar cada vez mais da pessoa, e a amizade dela vai sendo conquistada aos poucos, a cada conversa. Passei horas diante do espelho olhando minha cara e, sinceramente, não me deu medo algum, ou as pessoas estão ficando medrosas demais ou eu já me acostumei à feiura exacerbada do meu reflexo. Foi por isso, só pra não correr o risco que cheguei à conclusão de que PRECISO DE UMA NOVA CARA!

Aceitando sugestões...

'Glenda Barros

21 comentários:

Kellynha disse...

Precisa de uma nova cara filha, que é isso, com este rostinho lindo ai? Não ligue para as intrigas da oposição meu bem, ah não temos que ficar perdendo tempo nos preocupando com o que os outros pensam... eu também solidária a ti, metida, brava, séria to é nem aí...azar de quem axa, os que olham um pouquinho mais não pensam assim, os outros ah fazê o quê, não perco mais o sono...rsrs bjus

jessica disse...

Olá minha querida amiga linda,
Nova cara? Mais do que você tem feito com esse cabelinho seu, rs,visual sempre novo, não é necessário, belissíma como você é, não precisa de mais nada...Adoro esse seu estilo, seu jeito e seus pensamentos, aprendo muito com você, com suas idéias e ideais. Não precisa de cara nova, apenas de seu lindo rostinho de sempre, simplesmente como diz nossa amada Kellynha, fique nem aí p/ essas pessoas, por que sei que se preocupar com elas você não se preocupa...
Eu te conheço o bastante para dizer que você é uma pessoa incrivel e que não tem igual a ti...como sempre digo, vc é uma das mais belas rosas do meu jardim...Amo muitssimo você!
Mil beijos amiga linda!

;)

LUFE disse...

omo eu já te disse, você tem um texto leve e gostoso...
Precisa mudar essa carinha não...
Carinha de brava é até bom pra espantar o lobo mau...rs
Quem se aproxima e te conhece mais, não vai ver este sinal de distanciamento à primeira vista.
Inteligente e bem humorada come é, você ganha a simpatia de quem quiser.

bjo

Ah, e você é linda!Não podia esquecer de dizer...

Missionária Bella Dourado disse...

Aceita sugestão???
Então thá! kkkkkkkkkkkkkkkk
Adoro o seuuuuuuuuuu blog, e obrigado por ele e por esta sua Kara de "menina" (conheço duas cantoras parecidinhas - um pouco com você,rs,rs.
Hoje escrevi um texto novo e vc faz parte dele.
Bjos e sucesso não importa a Kara/Koroa, rs rs o que importa é a sua sensibilidade, é vc diante de DEUS e de você e depois vem nós seus amigos blogueiros.
bjs no coração que Deus te abençõe querida

Eduardo Lara Resende disse...

Parabéns pelo blog. Ótimo texto sobre a cara amarrada e as observações alheias.
Se puder, passe por http://pretextoselr.blogspot.com/
Abraço.

Lara. disse...

É, hoje em dia parece que precisamos estar sempre com um sorriso na cara, por mais que isso não reflita o que estamos sentindo de verdade. Isso cansa, poxa. Me identifiquei demais com o teu texto. Não basta mais ser apenas bonito, tem que ser bonito e simpático. E para os que insistem em não manter aparencias e agir naturalmente, sobram comentários sobre antipatia, etc. Sei bem como é.
Beijos!

Mandinho disse...

Oi!
sabe vivemos em um mundo coberto de rótulos,as pessoas deixam de ser humanos e passam se tornar produtos, diante desta inversão cada um vende sua imagem a sua maneira a fim de conquistar o "mercado", gosto do que escreve, me identifiquei muito, seja sempre você não mude por causa de opiniões alheias, você não precisa de cara nova, as pessoas precisam remover as lentes da rotulação de seus olhos, e enxergar os outros como eles são, não como gostaria que fossem.

bjaum

Wanda disse...

Nossa, me indentifiquei muito com seu texto ! mas você é linda garota, e a opinião dos outros vale sim, mas nem tanto, não é chave básica pra ser levada em consideração não. Então, curta seus momentos felizes, tristes, rancorosos, sei lá... e o rosto é a expressão da nossa alma, certamente.
Beeijinho

Cláudia disse...

Glenda,

Quando leio seus textos volto no tempo. A Cláudia há 20 anos atrás. Em um concurso de miss eu jamais teria ganhado aquele prêmio mixuruca: miss simpatia. Educada, séria, calada. Garota da década de 70, 80, quando garota que ficasse com vários meninos acabava ganhando alguns adjetivos feios. Isso não atrapalhou minha vida, minhas escolhas, não obscureceu meus sonhos. Ao contrário, era e é um traço da minha personalidade. Acho que o mais importante é você se amar, se aceitar. Se você concluir que algo te prejudica, vale repensar em suas atitudes, mas algo que é da sua personalidade - o jeito sério - faz parte do "pacote". Seu rosto é lindo, você é linda! Acho que vou te apresentar meu filho, ok? rs
Beijo da "tia"

Diego Dias disse...

Caraca! Você vai me estrangular por dizer isso... Mas eu jurava que a foto do perfil era fake por que é muito parecida com uma (belíssima) atriz americana.

Ficava até me perguntando se seria falta de educação perguntar se era mesmo você ou não kkkk

Precisa mudar não, ta ótima assim, com todo o respeito rs

Quanto ao lance da cara amarrada, ouço isso direto kkk

Tem gente que me acha antipático ao andar na rua, porque raramente aceno ou fico rindo, mas eles esquecem que meu problema não é antipatia... é sonseira mesmo, porque raramente reparo alguem que me conhece kkkk

Ta meio difícil atualizar direeeto o blog, mas to fazendo o possível

beijão, já tava com saudades

Isis disse...

Não precisa de nova cara não...você é linda...
Não ligue para o que alguns falam não...Você é linda e escreve gostoso...
É sempre muito bom vir aqui te ler...
Beijos

M. Sueli Gallacci disse...

Oi Glenda, a Tais Luso do blog PORTO DAS CRONICAS me mandou um e-mail dizendo que não consegue comentar no seu blog e nem te mandar um e-mail. Entre em contato com ela atravéz do e-mail dela, ok?

Agora vou ler o teu texto rsrs

Bjos, amiga!

Rob Novak disse...

Precisa nada! Tá linda essa carinha :)

E o que ouvi na vida de frases do tipo Quando te vi pensei que fosse um chato sisudo OU Te vi na foto e te achei tão seboso OU ou Que cara de poucos amigos e por aí vai, e todas essas expressões passaram tão rápido depois de conversas.

A questão é que sou como você: tenho o bom senso pra discernir o momento ideal para ser o que pretendo ser.

Gostei do teu blog :)

Bjo

M. Sueli Gallacci disse...

Glenda, até quando vc tenta falar sério fica engraçada rsrsrs

Não consigo te imaginar séria, acho que essa aí que vc descreveu não é vc, olha nesse espelho direito, menina!... rsrs

Falando sério, é comum as pessoas fazerem um julgamento equivocado sobre nós a primeira vista. Eu, como tenho o riso frouxo, todos concluem que não tenho meus momentos de teto baixo, ou fico mal humorada, o que não é verdade. Quando estou de mau humor, saí de baixo!
Meu mau humor é do mesmo tamanho e intensidade do bom. Se bem que meu maridex diz que eu fico muito engraçada quando estou brava e não convenço ninguém rsrsrs

Não precisa mudar de cara, não, ela está na medida certa pra vc!

Um bjo Gde, amiga! Adorei o texto, e como sempre, um primor e com a tua cara!

Tais Luso disse...

Oi, Glenda, sabe qual é o mal? É quando alguém tem um rosto angelical e todos esperam ações e reações angelicais. Todos esperam poder e agir segundo suas intenções em cima daquela criatura que parece não ter reação. Eu também passo por isso, e quando tenho minhas reações à altura de palavras ríspidas, alguns não entendem. Aí é que deito e rolo...
Acho que você não tem de mudar coisa alguma; se mudar estraga! Seus textos são muito autênticos, você pretende mudar isso? Se você for como escreve, não mude nada.
Beijo, amiga.
Tais luso

Madonna Turnner Cardoso disse...

Quando a gente quer agradar demais as pessoas a gente só atrapalha, então não precisamos sair distribuindo sorrisinhos pra todas as pessoas, a melhor coisa no mundo é ser natural. Se você é assim não tem porque mudar.

Ah, você é linda, não precisa de outro rosto! ;D

atimaeducar.blogspot.com disse...

A essência de uma pessoa transborda pelos poros em formas de gotas. Gotas essas que costuma chamar de aconchego.

E que aconchego puro, fiel, amigo, leal e abençoado por DEUS é o teu.

Agradeço a ELE a rica oportunidade que tenho em compartilhar de tão sublime e carismática amizade.

assim vejo você: menina na travessura, moça nos sonhos e mulher na sabedoria.

Ti amo querida sobrinha.

Rabiscos&Rascunhos disse...

A essência de uma pessoa transborda pelos poros em formas de gotas. Gotas essas que costuma chamar de aconchego.

E que aconchego puro, fiel, amigo, leal e abençoado por DEUS é o teu.

Agradeço a ELE a rica oportunidade que tenho em compartilhar de tão sublime e carismática amizade.

assim vejo você: menina na travessura, moça nos sonhos e mulher na sabedoria.

Ti amo querida sobrinha.

aivilana disse...

Discordo plenamente!
Mulheres com essa cara de amarrada, fechada, dão aquele ar de superioridade.
Um rapaz ou outro que chegar em você pra conversar, com certeza, é um bom rapaz. Ou melhor, de coragem, de personalidade.
E as amizades que aproximarem de você, certamente, serão sinceras!

Gosto desse tipo de "cara". Sério! :)

Andei um pouco sumida, mas estou de volta. Aos poucos, mas estou... :)

beijos, Glenda!

Anônimo disse...

Meus Deus, como você é linda!
Sem mais palavras...

William disse...

Qualquer mudança agora é desnecessária. Continue assim.