quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Não dói nada!!!

Glenda Barros


Outro dia fui ao hemocentro fazer meu cadastro para o banco de doadores de medula óssea. É um procedimento simples, rápido e indolor. Seu nome e suas características sanguíneas ficam armazenados num imenso banco de dados, e pode, algum dia, salvar a vida de alguém.
Mas não acordei numa bela manhã de sol, com a incrível ideia de doar vida! Através de meu namorado conheci um anjo, que atende pelo nome  Yasmin, um ser que exalava meiguice e doçura no jeito de ser. Nos olhos eu vi sonhos, vi uma vida inteira de experiências.

Além da delicadeza de um ser divinal, YASMIN transmite uma força de guerreira. No risinho, sempre estampado na cara, uma alegria descomunal que, raramente se percebe por aí. Sua fragilidade fica quase imperceptível diante de sua maneira vibrante de viver a vida.
Esse anjo que tanto admiro e falo, me fez perceber que o sentimento que mais se iguala ao amor é o da solidariedade, que é capaz de ser tão nobre e tão supremo quanto o próprio. Pra ser anjo não é preciso ter asas, nem tão pouco ser imortal, só precisa carregar no peito esses sentimentos, e distribui-los a todo aquele que necessitar e àqueles que não necessitam também.

A fórmula para se tornar um anjo eu já dei, a iniciativa agora é sua. Distribua amor, doe vida, seja um gerador de felicidade! Eu pratico solidariedade e amor, e posso garantir que não dói absolutamente nada!



FAÇA SEU CADASTRO NO HEMOCENTRO ...
Avenida Anhanguera, 5195 – Setor Central – Goiânia-GO. (62) 3201-4570!

5 comentários:

Cláudia disse...

Bonito gesto!

Beijo,

Cláu

M. Sueli Gallacci disse...

Glenda, pessoa linda...

Só quem tem um ente querido na fila de espera para um trasplante reconhece plenamente o significado do seu gesto. Eu tenho.

Mil vezes parabéns pela bela iniativa!

Bjos no seu coração.

Missionária Bella Dourado disse...

Eu já sou doadora no banco da Santa Casa de Porto Alegre e em breve vou a Santa Maria, dizem que os bancos são unificados, mas não importa me cadastro novamente,vai que uma hora consigo ajudar quem precisa de fôlego de vida física.

Abraços, querida ser cristã é isto antes de tudo ser gente.

Bjão. Quando puder me visita "No meu mundo não tem fadas ..."

Danillo Magalhães disse...

Parabéns pela iniciativa, o mundo precisa de pessoas assim!
beijos

Tais Luso de Carvalho disse...

Linda crônica, lindo gesto: é verdade, Glenda, o sentimento que pode se igualar ao amor é a solidariedade.
Bravo!

beijos
tais luso