quarta-feira, 7 de julho de 2010

Dê uma chance a vida!



Conversava sobre a vida com um amigo quando chegamos a essa pergunta, e se morrêssemos amanhã, o que faríamos? Como sou educada e bem criada, cedi a oportunidade a ele de responder primeiro.
Todo reflexivo, ele olhou para o teto, respirou fundo e começou um discurso enorme; eu acordaria bem cedo, beijaria minha mulher e faria amor loucamente com ela (homens só pensam nisso), sairia com os amigos, beberia todas (só pra variar), depois iria direto para o meu trabalho pedir demissão e mandar meu patrão ir à merda; feito isso, iria pra casa da minha mãe e conversaria horas a fio com ela, sobre tudo e todas as coisas, diria a ela e meu pai que os amo, e amo muito, sairia pra passear com meu filho (ele nunca faz isso), e quando voltasse com ele pra casa, o faria dormir e o olharia até que ele pegasse no sono (que fofo!), depois faria amor de novo com minha mulher (homens!) pois quero morrer amando.
E quando ele terminou eu perguntei: − E você não faria nada para tentar viver? Ele me arregalou aquele belo par de olhos verdes e disse: − Nossa, sinceramente, nem pensei nisso. Depois da resposta (ridícula) de meu amigo, comecei a indagar comigo mesma como é engraçado observar que sempre que fazemos essa pergunta para alguém, ela sempre vem com uma resposta igual ou com a mesma intenção do meu caro amigo ai em cima.
Nunca pensamos em lutar pela vida, mas pensamos em fazer tudo àquilo que tivemos toda uma vida para fazer em um dia só, pensamos em valorizar coisas tão simples e tão efêmeras no ultimo instante, só vemos a possibilidade de nos apaixonarmos, nos entregarmos e nos permitirmos amar quando já não há mais tempo....
Ser humano é mesmo estranho, sabe o que fazer para ser feliz e finge que não. Depois de pensar em tudo isso ai que eu escrevi, virei pra ele e disse: − Dê uma chance pra vida! Ele ficou com cara de que não entendeu absolutamente nada e disse: − Tá bom, Tchau!
O que eu pude observar nessa simples conversinha de fila de banco foi que, nós sabemos o que nos faz feliz e simplesmente não praticamos, temos tudo na ponta da língua quando somos questionados a respeito, faria isso, faria aquilo e muito mais, então porque não fazer tudo o que queremos e que nos faz bem enquanto ainda há tempo, enquanto ainda existe ar em nossos pulmões e sangue em nossas veias? (Só não xinguem seus patrões, pelo amor de Deus!)
A vida ta ai pra ser vivida minha gente! Não seja coadjuvante no filme de sua própria história. Participe de todas as cenas, contracene com todos os personagens, enfim, só viva e seja muito, mas muito feliz!!!!

9 comentários:

Caroliny disse...

eu nem pertenço a esse mundo mesmo...
rs

O Profeta disse...

Esta ilha não tem fortuna
Trocou-a por um curioso mistério
Este irreal e intenso verde
Que inunda o olhar mais sério

Nesta ilha há um beijo na tua procura
Nesta ilha as pedras não têm idade
Nesta ilha as juras são lançadas à maresia
Nesta ilha o sonho é janela da verdade

Doce beijo

Coisas da vida disse...

kkkkkkkkkkk
Carolzitaaaa...vc é fera!

Soli Limberger disse...

É incrível, mas os palavrões, felizmente, não nasceram por acaso. São recursos criativos para prover nosso vocabulário de expressões que traduzem com a maior fidelidade nossos mais fortes e genuínos sentimentos. É o tosco, é o povo fazendo sua língua, seu dicionário. Como o Latim Vulgar, será esse Português vulgar que vingará plenamente um dia. Sem que isso signifique a vulgarização, apenas sua aproximação de gente simples das ruas e dos escritórios, seus sentimentos, suas emoções, seu jeito, sua índole.

Então, que texto lindo "Pra caralho". Que é quase uma expressão poética. A Via-Láctea tem estrelas Pra caralho, o Sol é quente Pra caralho, o universo é antigo Pra caralho, eu gosto dos teus textos Pra caralho, entendeu?

Bjs amor!

Fica com Deus

jessica.silva.l disse...

Segundo o dicionário Houaiss felicidade é "qualidade ou estado de feliz; estado de uma consciência plenamente satisfeita; satisfação, contentamento, bem-estar"
Será que é só isso?
rsrs

Coisas da vida disse...

rs...
Se é só isso eu não sei, o dicionário só não diz que, felicidade é questão de decisão e que não devemos baseá-la em "alguéns" ou em "coisas", o fato é deixar a vida te levar e não parar e enfatizar coisas que possam te impedir de ser feliz...a vida é bem curta, eu nem vi o ano passar! daqui uns dias já tem propaganda de promoção de natal....é tempo de tirar as nóias da cabeça e se permitir mais!!!

jessica.silva.l disse...

Glendinha ta certissima,
OOOOOOOrgulhoooo meu, rsrs
Essa é minha irmãzita do coração...

walter disse...

cara que amigo mais safado ta parecendo um crente desviado ainda bem que vc não conhece ninguem assim neh rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.......................................................

Coisas da vida disse...

kkkkkkkkkkkk
conheço um tanto ai viu Walter....