terça-feira, 25 de janeiro de 2011

PREGUIÇA DE GENTEEEEEE


Glenda Barros

                Ela é chique, fina, linda demais! Essas características definem, parcialmente, a pessoa que descreverei agora. Esses adjetivos qualitativos utilizei, para que você tente visualizar a figura da mesma ai, na sua imaginação, até porque, não posso detalhar tanto o físico da dita cuja, senão posso comprometê-la e de brinde, ainda posso ficar completamente vulnerável a um processo chato e besta.
                Sua personalidade faço questão de transcrever, pois cismo que além dela, vários outros por aí adotaram esse jeito tão peculiar de atuar na novela da vida. O que ela tem de linda, ela tem de chatices e frescuras, “não gosto do feijão em cima do arroz”, “odeio olhar nos olhos dos outros”, “odeio lugares cheios de gente” e “ não encosta em mim que eu tô de roupa branca”! A fulana é tão antissocial que vive em pé de guerra com seu próprio reflexo no espelho.
                Fina demais, tanto nas atitudes quanto na silhueta, se ela virar de lado some no ar, num passe de mágica. Quando os pés não estão ostentando um belo par de saltos altos, estão enclausurados em pantufas de pelúcia cor de rosa, mas o chão nunca teve a honra de sentir o fino toque de seus solados, até pra tomar banho a descontrolada tem chinelo...
                A postura sempre ereta mantem seu nariz constantemente arrebitado, seu olhar sempre altivo, seu ar de estupidez e sua cara de poucos amigos atualizada. Tenho que confessar, que me divirto horrores vendo aquela tábua com pernas comendo de garfo e faca; é hilário, vocês tinham que ver!
                Outro dia ouvi um absurdo sair, com muita certeza e convicção, daqueles lábios finos de bonequinha de porcelana, “não me sinto a vontade em festas de família”, que tipo de criatura não se sente bem em seio familiar?
                Foi conhecendo gente assim que tomei preguiça de gente, tanta frescura, cada bestice! A vida é tão simples e o tal do ser humano é tão racional, que acha que sendo contrário a tudo, tendo opiniões que superam a filosofia humana e se excluindo do convívio social, provarão ao mundo que têm um cérebro ativo e uma opinião própria e firme. Digo que a depressão não é mais o mal do século, essa terrível doença deu lugar a outra ainda pior a AUTO SUFICIENCIA.
                Ainda bem que além do cérebro eu tenho um coração, e emprego aos dois a mesma porcentagem de importância...

10 comentários:

M. Sueli Gallacci disse...

kkkkkkkkkkkkkk Demais, Glenda!!!

Tem gente que quer ser tão original e acaba por se tornar além de chata uma aberração, um tipo de brincadeira bizarra da natureza rsrs.

Eu tbm tenho um chinelo pra tomar banho, será que vc me acha uma descontrolada? Rsrs

Adorei, bjos.

Ah! e tenho uma pantufa de ursinho panda, branca e preta, Deus meu, que horrorrrrrrrr Ainda bem que vc só me conhece virtualmente, não dá para ficar me analisando num microscópio rsrs

Kellynha disse...

kkkkkkkkkk Fiquei aki lendo, rindo e balançando a cabeça,concordando em gênero, número e grau. Lembrando que até a Bíblia previa já essa transformação nas pessoas, nos diz que nos últimos dias surgirão homens insensatos, amantes de si mesmo, cujo deus é o próprio ventre...
Te amo, toda orgulhosa dos textos que você escreve.

Missionária Bella Dourado disse...

Nossa! Eu uso chinelo para tomar banho, kkkkkkkkkkkk.

Amei o post.

E tem muita gente chata por ai mesmo.

Pior e que nas festas familiares que tanto odeiam,não vão e ficam pensando que fazem falta.

Sinceramente, obrigado por ficar fora das festas e nos permitir divertimento total, sem temer "gafes".

Bjo querida!

Queylla disse...

" Fina demais, tanto nas atitudes quanto na silhueta, se ela virar de lado some no ar, num passe de mágica. Quando os pés não estão ostentando um belo par de saltos altos, estão enclausurados em pantufas de pelúcia cor de rosa, mas o chão nunca teve a honra de sentir o fino toque de seus solados, até pra tomar banho a descontrolada tem chinelo..."

só essee texto p/ mim fazer rir kkkkkkkkkkkkkk caramba se eu ñ ficarr na postura corretinha dói a coluna ^^) mas ,não sou frescaaa,bjs haha.

Danillo Magalhães disse...

Realmente há pessoas tão chatas que chega dar nojo!!!
Fazia tempo que eu não passava por aqui né! hehehe
Parabéns!
beijos

Danillo Magalhães disse...

Realmente há pessoas tão chatas que chega dar nojo!!!
Fazia tempo que eu não passava por aqui né! hehehe
Parabéns!
beijos

Danillo Magalhães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlen Alves disse...

Não precisa dizer mais nada né rsrsrs .... Minha escritora preferida rrsrsrs!!bjs!!!!

Carlen Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tais Luso de Carvalho disse...

rrsrsrs, mas de qual a infeliz de que você está falando, Glenda? Sim, uma criatura destas só pode ser infeliz, não me toque, não me cheire, não gosto de festas familiares... Enfim a criatura não gosta de gente; gosta dela. Só uma perguntinha: qual é o problema do chinelo? rsr...

Pois eu adoro feijão em cima do arroz, chinelo e, sem dúvida não falaria com ninguém sem olhar nos olhos! A moça deve estar com certos problemas: um psiquiatra não iria mal...

Como sempre, amiga, suas crônicas são ótimas.
Beijão e meu carinho.
Tais luso